Biografia

Senador Dalirio Beber

Senador Dalirio Beber

O advogado e empresário Dalirio José Beber (PSDB) assumiu no Senado Federal em 19 de maio de 2015 a cadeira do ex-senador Luiz Henrique da Silveira (PMDB), falecido em 10 de maio.

Dalirio Beber tem 69 anos, é casado com Eliana Cunha Beber, tem três filhos: Andriei, Anderson e Andrigo, e dois netos: Frederico e Francesca.

Massarandubense, aos 19 anos escolheu Blumenau para viver. Formou-se em Direito pela Universidade Regional de Blumenau- FURB, e conheceu a vida pública iniciando como office-boy em uma diretoria da prefeitura municipal. Passou mandatos sucessivos como servidor e cresceu, chegando a ocupar diretorias e secretarias.

Em 1988, dissidente do PMDB, foi um dos fundadores do PSDB em Santa Catarina. Ajudou a difundir o partido no Estado, aonde ocupou vários cargos de direção até chegar à presidência estadual da sigla em 2003. Ocupou os cargos de presidente de honra do diretório do PSDB em Santa Catarina, e presidente do Instituto Teotônio Vilela no Estado.

No governo do Estado foi presidente da Agência de Fomento de Santa Catarina (Badesc) e da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan). Concorreu a cargos eletivos, e se destacou como um homem forte de bastidor e na articulação política no Estado.

Foi convidado por Luiz Henrique para a posição de suplente, pelo apreço e reconhecimento que o peemedebista tinha ao seu trabalho de articulação. Pois foi um dos principais responsáveis por convencer o PSDB a compor a tríplice aliança em 2002, e que o levou ao primeiro mandato de governador.

Foi Coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense no Congresso Nacional para o período 2016/2017, atuando na organização das atividades da bancada legislativa em Brasília.

Senador Dalirio Beber

Suplente: Antonio Marcos Gavazzoni (PSD)

Natural de Xanxerê, o advogado Antonio Marcos Gavazzoni, 41 anos, é mestre e doutor em Direito Público pela UFSC e autor dos livros “Sustentabilidade, Governança e Reforma do Estado” e “Disponibilidade do servidor público: a leitura do garantismo jurídico”. Iniciou a carreira na iniciativa privada, atuando como advogado e professor. Em 2005 assumiu a Procuradoria Geral de Chapecó. Em 2007, a convite do governador Luiz Henrique da Silveira, se tornou secretário de Estado da Administração. No final de 2008 assumiu a Secretaria de Estado da Fazenda pela primeira vez. Em 2011 e 2012 foi presidente da CELESC Holding e de suas subsidiárias Celesc Distribuição e Celesc Geração. Em janeiro de 2013, voltou a ocupar o cargo de secretário da Fazenda, pasta pela qual respondeu até 2017.