Notícias

Dalirio integra comitiva para defender viabilidade da Aduana de Dionísio Cerqueira e Rota do Milho

05 de Abril de 2018 Notícias

No final da manhã desta quinta-feira, 5, o senador Dalirio Beber (PSDB-SC), acompanhou audiência na Receita federal, em Brasília, com o Secretário Jorge Rachid, para tratar da questão urgente da eficiência na integração da Aduana de Cargas Integrada (ACI) Cargas do Porto Seco de Dionísio Cerqueira (SC)/Bernardo de Irirgoyen-Misiones (ARG), com o objetivo de agilizar a liberação das cargas, além de integrar, efetivamente, órgãos brasileiros e argentinos
O outro tema da audiência foi a capacitação da Aduana, para também viabilizar a importação do milho, através da Rota do Milho, que vem do Paraguai e passa pela Argentina.
“Estamos todos juntos aqui, justamente porque temos a máximo urgência na solução desses assuntos para que haja um desfecho satisfatório para a economia de Santa Catarina. Precisamos manter a competitividade, que hoje compromete a evolução do nosso agronegócio, causando enormes prejuízos para nossa economia, além da ameaça do desemprego”, disse o senador.
O secretário se mostrou conhecedor dos problemas catarinenses, e afirmou que o propósito da Fazenda é ter uma aduana ágil e segura. “Nós queremos isso, então a ideia é operar, e operar com qualidade”, garantiu Rachid, apesar de reconhecer o problema geral da falta de efetivo. Segundo ele, já foi autorizado a liberação de concurso público para equilibrar essa questão de pessoal.
“Vamos estudar os dados que vocês nos trouxeram, porque é preciso que a integração aconteça na prática e com urgência”, concluiu Rachid.
A comitiva também se reuniu no Ministério da Agricultura – MAPA, com o coordenador geral do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional – Vigiagro, Fernando Augusto Pereira Mendes, para tratar dos mesmos assuntos.
Para o MAPA, Santa Catarina é um estado de excelência e o funcionamento da sua fronteira também dever ser. “O Ministério da Agricultura fará tudo o que estiver ao nosso alcance para resolver essas questões. O custo da nossa ineficiência não pode ser suportado pelo setor produtivo. Nós vamos resolver esses problemas”, garantiu Mendes.
“Hoje é um dia memorável, quando a Fazenda e o MAPA olham com total atenção e se propõem a resolver essas importantes questões para que o agronegócio catarinense se torne ainda mais competitivo. Com a possibilidade de integrar na prática a Aduaneira e a Rota do Milho, podemos oportunizar mais uma Conexão Bi Oceânica, ligando o Oceano Pacífico ao Oceano Atlântico”, destacou Dalirio.
Participaram da audiência o governador Eduardo Pinho Moreira, os senadores Dario Berger e Paulo Bauer, o presidente do PSDB de Santa Catarina, deputado Marcos Vieira, o deputado Celso Maldaner, prefeitos dos municípios das fronteiras, lideranças políticas e empresariais de Dionísio Cerqueira, de Barracão (PR) e também dos vizinhos Argentina e Paraguai.