Notícias

Ministério dos Transportes garante liberação de recursos para Porto de Itajaí

13 de Setembro de 2016 Notícias

O Fórum Parlamentar Catarinense, coordenador pelo senador Dalirio Beber (PSDB-SC), esteve na tarde desta terça-feira, 13, com o ministro do Estado dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella Malta Lessa, com o objetivo de reforçar os pleitos do porto de Itajaí, entre eles: a liberação do saldo relativo a construção do Berço 3, no valor de R$ 4 milhões; a obra da dragagem, no valor de R$ 67 milhões, do canal do rio Itajaí-Açu; a prorrogação do contrato de arrendamento com a operadora do terminal de contêineres, com o objetivo de viabilizar investimentos da ordem de 175 milhões de reais numa primeira etapa e mais R$ 200 milhões a médio prazo.
“Como o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil já anunciou não dispor de R$ 200 milhões para executar a segunda etapa da Bacia de Evolução junto ao Porto de Itajaí, e tendo em vista que o governo do Estado está destinando mais de R$ 100 milhões para a execução da primeira etapa de trabalhos, faz-se necessário investimento de R$ 30 milhões para que o trabalho da primeira etapa, não perca sua eficácia, e para garantir a segurança da obra”, justificou Dalirio.
O ministro respondeu favoravelmente a liberação do saldo relativo a construção do Berço 3, no valor de R$ 4 milhões, que deve ser anunciada ainda este mês. Sobre a dragagem, no valor de R$ 67 milhões, do canal do rio Itajaí-Açu, serão liberados R$ 40 milhões ainda este ano e R$ 27 milhões, em 2017.
“Quanto à prorrogação do contrato, existe total disposição por parte do ministério, no sentido de ser encaminhado favoravelmente, com segurança jurídica. O ministro também aceitou assumir um aporte para auxiliar na execução do projeto de contenção que será executado pelo governo do estado”, disse Dalirio, que aproveitou a oportunidade para convidar o ministro a visitar Santa Catarina.
“Gostaríamos que em vista ao estado fosse possível uma ida até o Porto Público da Cidade de Itajaí, para que pudéssemos apresentar o seu potencial, se forem superadas algumas dificuldades que conspiram contra sua competitividade com os demais portos catarinenses”, reforçou Dalirio.
Estava presente na reunião, a secretária executiva de Articulação Nacional, Lourdes Coradi Martini.